Pra quem conhece o ônibus balada Walking Party que geralmente circulava pelas ruas da região quer seja embalando uma festa infantil, casamento ou festa corporativa, uma surpresa: Sônia Crivorot proprietária gerente do ônibus em Campinas, que há dois anos atrás havia encomendado um site sobre o ônibus Walking Party, se desligou da franquia mas não exitou em continuar com assinatura própria: On The Bus.

Para criar esse logotipo, desenhei a composição com fontes sans serif modernas e para dar um ar mais “balada”, criei uma sequencia de pequenos blocos coloridos acima da escrita simbolizando uma modulação gráfica do som.

Aprovando o logotipo, o passo seguinte foi o desenvolvimento da adesivação das informações no ônibus já envelopado. Minimalista, optei por manter as janelas também com fundo preto — o que anteriormente eram decoradas com uma impressão de fundo em tons de laranja e silhuetas de pessoas dançando — e com um par de ondas sonoras coloridas passando por todas as janelas. No vidro traseiro também em fundo preto e decorado com ondas sonoras coloridas, há uma silhueta simples mas reformulada de um DJ comandando o ambiente.

Designer gráfico, web designer, editor de VT e fotógrafo. Tem o bom e velho Rock’n’Roll como parte da sua vida. Nas horas vagas, porém poucas, divide seu tempo entre família e empresa.

2 thoughts to “On The Bus – Ônibus Balada

  • Diego Robles

    Olá,

    Que legal, estou pensando muito em montar um ônibus balada itinerante, mas vejo que já há muita concorrência no mercado. Só nesse site existem vários (https://www.buffetsinfantis.com.br/onibus-balada)

    Obrigado.

    Responder
    • Neder de Paula

      Olá Diego! Agradeço seu comentário e de fato concordo, sempre que aparece uma “novidade” no mercado, nós sempre damos um jeitinho de nos adaptar para nichos específicos, tentando cativar um determinado público. É o caso do link de referência que você indicou, vemos vários tipos de ônibus balada para agradar se não a todos, pelo menos a maioria dos públicos. Quem sabe estudar a utilização de algum outro veículo urbano possa fazer a diferença? #ficaadica Obrigado! Abraços!

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *